Diário Cinema

A incrível jornada de Jesuíta Barbosa antes de virar galã em Pantanal

Da cena underground dos teatros de rua em Fortaleza ao estrelato no horário de maior audiência da Globo, Jesuíta Barbosa carrega uma bagagem artística admirável

Apesar de Jove ser o primeiro protagonista de Jesuíta na Globo, o ator coleciona obras de sucesso na carreira. Foto: Reprodução.
Apesar de Jove ser o primeiro protagonista de Jesuíta na Globo, o ator coleciona obras de sucesso na carreira. Foto: Reprodução.
Amanda Furtado
PorAmanda Furtado

O remake de “Pantanal” está sendo um verdadeiro sucesso entre os noveleiros que não perdem a oportunidade de acompanhar uma boa dramaturgia. Certamente, um dos personagens de maior destaque no folhetim da TV Globo é Jove, que ganha vida através do talento nato de Jesuíta Barbosa. O que poucos sabem é que, apesar de muito jovem, o ator pernambucano trilhou uma importante jornada antes de se tornar galã da novela das nove do “plim-plim”. 

O teatro foi inserido na vida de Jesuíta logo na infância. Aos 10 anos, após deixar sua cidade natal, no sertão Pernambucano, passou a participar de apresentações teatrais na escola, na ocasião, já estava morando em Fortaleza. Aos 17 anos escolheu fazer faculdade de publicidade, mas foi o cinema que fez seu coração bater mais forte. 

Jesuíta protagonizou o clipe da música 'Flutua' de Johnny Hooker. Foto: Reprodução.
Jesuíta protagonizou o clipe da música 'Flutua' de Johnny Hooker. Foto: Reprodução.
Jesuíta protagonizou o clipe da música 'Flutua' de Johnny Hooker. Foto: Reprodução.

Jesuíta passou a integrar coletivos de teatros undergrounds e passou a conquistar cada vez mais espaços com o seu carisma e habilidades. Em pouco tempo, tornou-se um importante nome requisitado entre os produtores de cinema local e respondeu por papéis peculiares no cinema cearense. 

Em 2013, integrou o casting de duas importantes obras nacionais que impulsionaram a carreira do ator para além das fronteiras nordestinas. “Serra Pelada”, de Heitor Dhalia, segue a história real do maior garimpo brasileiro, na “Serra dos Carajás”, no estado do Pará. Jesuíta interpretou um jovem homossexual que não deixava barato a violência que sofria. Wagner Moura e Sophie Charlotte são apenas dois dos grandes atores com quem o ator contracenou. 

Estreando a carreira de diretor de Hilton Lacerda, o filme “Tatuagem” também foi um marco importante para o intérprete de Jove. Na trama ambientada na época da ditadura militar, Jesuíta Barbosa interpreta o personagem “Fininha”, que vive uma confusão mental ao ficar dividido entre o militarismo e o teatro. Com o excelente desempenho do ator, que se entrega totalmente para entregar um ótimo resultado para os espectadores, conquistou o prêmio de melhor ator do ano pelo Festival do Rio de Janeiro. Posteriormente, outras grandes obras do cinema foram agraciadas com a presença do ator no elenco.

Bem, agora podemos entender como Jove conquistou tantos corações apesar de levar uma vida tumultuada e confusa em “Pantanal”. Esse é apenas o primeiro papel de Jesuíta Barbosa como protagonista na Globo e com certeza podemos esperar mais pela frente, afinal, o povo brasileiro aprovou e pede mais da aptidão do ator que ainda tem muito caminho a percorrer pela frente. 

ComentáriosO que você achou?
Últimas