Diário Cinema

Avatar: O Último Mestre do Ar | Netflix promete barrar as críticas do primeiro live-action

Sob o olhar criativo de Albert Kim, ‘Avatar: The Last Airbender’ promete trazer uma narrativa fiel da história de Aang e sua busca por autoconhecimento para salvar o mundo

Apesar do excelente desempenho de Noah Ringer como Aang, o filme lançado em 2010 não agradou os fãs. Foto: Reprodução.
Apesar do excelente desempenho de Noah Ringer como Aang, o filme lançado em 2010 não agradou os fãs. Foto: Reprodução.
Amanda Furtado
PorAmanda Furtado

Avatar: O Último Mestre do Ar” é um dos lançamentos mais aguardados pelos assinantes da Netflix, que segue produzindo a série buscando ressignificar a impressão deixada pelo primeiro live-action da série animada da Nickelodeon, o filme, de mesmo nome, lançado em 2010 e que foi considerado um verdadeiro fiasco na opinião do público que aguardou ansiosamente pela obra. 

Criada por Michael Dante DiMartino e Bryan Konietzko, “Avatar: A Lenda de Aang” é uma série animada transmitida pela Nickelodeon entre os anos 2005 e 2008 no Brasil. Da estreia em diante, não demorou para que o desenho animado ganhasse a admiração do grande público que, embora também chamasse atenção do nicho infantil, foi majoritariamente composto por pessoas mais velhas, devido ao teor do enredo abordado no desenrolar da trama, que gira em torno de autoconhecimento e jornada espiritual. 

Dirigido pelo indiano M. Night Shyamalan, “O Último Mestre do Ar” foi o primeiro live-action baseado na animação e foi intensamente aguardado pelos fãs. Mas todo entusiasmo logo foi revertido em frustração, já que a obra foi considerada um fracasso pelo público que achou que o filme deixou a desejar e pouco explorou as incríveis narrativas presentes na história original. Na obra lançada em 2010 pela Paramount Pictures, Aang foi vivido por Noah Ringer, juntamente com Jackson Rathbone como Sokka, Dev Patel como o enigmático Príncipe Zuko e Nicola Peltz na pele da destemida Katara, dominadora da água. 

Os criadores de Avatar: A lenda de Aang, abandonaram a produção da série pela Netflix ainda em 2020, alegando não concordar com algumas situações. Foto: Reprodução.
Os criadores de Avatar: A lenda de Aang, abandonaram a produção da série pela Netflix ainda em 2020, alegando não concordar com algumas situações. Foto: Reprodução.
Os criadores de Avatar: A lenda de Aang, abandonaram a produção da série pela Netflix ainda em 2020, alegando não concordar com algumas situações. Foto: Reprodução.

Felizmente, podemos comemorar o interesse da Netflix em reverter a imagem deixada pelo primeiro live-action. A plataforma está investindo pesado em um produto que possa superar as expectativas a fim de entregar uma série que finalmente contemple a originalidade da lenda do último dominador do elemento Ar. Entretanto, como nem tudo acontece como o planejado e toda grande produção está suscetível a problemas, há dois anos, Bryan Konietzko publicou em sua conta do instagram, que ele e seu colega, co-criador, Dante DiMartino, estariam abandonando a produção, alegando que chegaram em um cenário precário e sem muito apoio por parte da gigante do streaming, porém, deixando claro a torcida pelo sucesso da nova adaptação do seriado. 

O novo elenco, dirigido pelo roteirista Albert Kim, conta com o jovem talento de Gordon Cormier vivendo o protagonista Aang, e seus amigos Katara, Sokka e Príncipe Zuko, serão vividos por Kiawentiio Tarbell, Ian Ousley e Dallas Liu, respectivamente. 

Considerando a extensa bagagem carregada pelos atores principais da série, do lado daqui, podemos esperar um resultado satisfatório, principalmente se levarmos em conta a seleção de atores que se preocupou em respeitar a etnia de cada personagem. 

Por aqui estamos animados com o desenrolar das novidades que surgem a cada dia. Que venha o lançamento, mas, enquanto não chega, vamos continuar te informado sobre os novos desdobramentos. 

ComentáriosO que você achou?
Últimas