Diário Cinema

Will Smith divulga vídeo se desculpando por agressão no Oscar

'Eu entrei em contato com Chris e a mensagem que retornou é que ele não está pronto para falar e, quando estiver, ele entrará em contato', disse o ator.

Vídeo chega à web na mesma semana em que Chris Rock abordou o assunto em seu show de comédia em Nova Jersey. Foto: Reprodução/YouTube
Vídeo chega à web na mesma semana em que Chris Rock abordou o assunto em seu show de comédia em Nova Jersey. Foto: Reprodução/YouTube
Carol Souza
PorCarol Souza

Logo após Chris Rock falar com mais detalhes pela primeira vez sobre o episódio do Oscar 2022 envolvendo Will Smith (leia aqui), o próprio Smith divulgou um vídeo em seu canal no YouTube  falando de forma emocionada sobre toda a controvérsia em torno de sua agressão a Rock na cerimônia da premiação em março deste ano

No vídeo, o ator explica o motivo pelo qual não se desculpou com Rock ao aceitar o prêmio como melhor ator por seu trabalho em "King Richard". "É tudo confuso", diz. "Eu entrei em contato com Chris e a mensagem que retornou é que ele não está pronto para falar e, quando estiver, ele entrará em contato", complementa Smith.

O ator ainda reforça que sei comportamento foi "inaceitável", porém justificou seu ataque de fúria e resposta violenta à piada de mal gosto de Rock sobre a doença de Jada, uma luta que a atriz já abordou publicamente no passado.

"Não há nenhuma parte de mim que pense que essa era a maneira certa de se comportar naquele momento" diz ele, suspirando profundamente em alguns momentos aparentemente lutando contra as lágrimas. "Não há nenhuma parte de mim que pense que essa é a maneira ideal de lidar com um sentimento de desrespeito ou insultos", completa.

Smith ainda comentou uma questão bastante discutida nas redes durante os meses seguintes ao ocorrido que é sobre se ele foi impelido por Pinkett Smith a agir de tal forma. Usuários das redes sociais afirmaram que Will primeiramente é visto rindo e depois que a esposa revira os olhos, ele mudou completamente de humor, o que culminou na agressão, e no vídeo Smith esclarece que sua esposa não disse nada para incentivá-lo a agredir Rock.

"É ctipo, você sabe, eu fiz uma escolha por conta própria, pelas minhas próprias experiências, pela minha história com Chris", diz Smith. “Jada não teve nada a ver com isso. Sinto muito, querida. Quero pedir desculpas aos meus filhos e à minha família pelo calor que causei a todos nós".

Passados alguns meses sem que Smith se pronunciasse, tablóides especulavam se o ator usaria a situação para se promover, dando entrevistas a apresentadoras como Oprah Winfrey numa tentativa de "limpar sua imagem" entretanto, Smith optou por usar as mídias sociais para se dirigir diretamente a seus fãs, além de renunciar ao seu lugar junto à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o grupo por trás do Oscar.

No vídeo Smith ainda se desculpa com os colegas indicados na premiação, citando o cineasta Ahmir "Questlove" Thompson, vencedor do prêmio de melhor documentário por "Summer of Soul" cujo momento foi ofuscado pelo triste episódio. "Para todos os meus colegas indicados, você sabe, esta é uma comunidade, é como se eu ganhasse porque vocês votaram em mim. E realmente parte meu coração ter roubado e manchado seu momento. Ainda posso ver os olhos de Questlove. Você sabe, aconteceu no prêmio de Questlove. E, você sabe, 'me desculpe' realmente não é suficiente".

Ao final de sua declaração em vídeo, Smith reforça as palavras que já havia dito em seu comunicado na mesma semana do acontecido, prometendo novamente trabalhar em uma mudança. "Eu sei que foi confuso, eu sei que foi chocante", diz ele. "Mas eu prometo a vocês, estou profundamente dedicado e comprometido em colocar luz, amor e alegria no mundo". 

Falando de forma direta à Rock, Smith diz: "E, você sabe, se você me suportar, prometo que poderemos ser amigos novamente". Assista ao vídeo:

ComentáriosO que você achou?
Últimas