Diário Cinema

CGI de Avatar 2 é um dos mais impressionantes da história

A sequência do filme de maior bilheteria da história apresenta tecnologias ainda mais impressionantes

Tenologias de Avatar 2 fornecerão resultado impressionante nos cinemas. Foto: Reprodução/YouTube
Tenologias de Avatar 2 fornecerão resultado impressionante nos cinemas. Foto: Reprodução/YouTube
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Se o público já achava incrível a estética geral de Avatar, o segundo filme da franquia, intitulado "Avatar: O Caminho da Água", entrega uma das tecnologias de CGI ("Computer Graphic Imagery", ou "Imagem de Computação Gráfica" em tradução livre para o português) mais impressionantes da história do cinema, reformulando a maneira de se trabalhar nos estúdios e criando uma atmosfera visual de cair o queixo para o longa-metragem que tem tudo para chegar ao topo comercial. 

Foi graças à tecnologia do primeiro filme que James Cameron quebrou inúmeros recordes de bilheteria e subiu no mais alto degrau de reconhecimento dos cineastas de Hollywood, e é exatamente este ponto que promete se destacar na continuação, com cenários tão realistas que sequer poderão ser enxergados como CGI em diversas ocasiões. 

A água será o foco narrativo de Avatar 2. Foto: Reprodução/YouTube
A água será o foco narrativo de Avatar 2. Foto: Reprodução/YouTube
A água será o foco narrativo de Avatar 2. Foto: Reprodução/YouTube

Como o próprio título sugere, a água será o foco narrativo do filme, que sempre concentrou seus textos na necessidade de se debater a exploração humana de recursos naturais, mesmo fora da Terra. Quem conhece a evolução do CGI sabe que a retratação da água nas telas é um dos pontos mais complexos da computação gráfica, motivo pelo qual este detalhe, até hoje, ainda é exibido com deslizes em jogos eletrônicos, por exemplo. 

Desta vez, as imagens mostram a água com total clareza e realismo, unindo o CGI com recursos realmente hídricos para mesclar as edições e obter um resultado impecável. Sabe-se que Cameron utilizou tanques de água gigantes para imitar as correntes oceânicas, e o que se vê nas fotos e vídeos divulgados até então é de cair o queixo. 

ComentáriosO que você achou?
Últimas