Diário Cinema

Novo 'Pânico' estreia com ótimas críticas no Rotten Tomatoes

A franquia dos anos 90 está de volta para mais uma parcela nos cinemas, com Neve Campbell, Courteney Cox e David Arquette
A franquia dos anos 90 está de volta para mais uma parcela nos cinemas, com Neve Campbell, Courteney Cox e David Arquette
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

"Pânico" está de volta para mais uma parcela nos cinemas, resgatando os personagens que inauguraram a franquia em 1996, como Sidney Prescott, Gale Weathers-Riley e o Xerife Dewey Riley, interpretados por Neve Campbell, Courteney Cox e David Arquette, respectivamente. Desta vez, o filme apaga o vexame de "Pânico 3" e "Pânico 4" e garante ótimas críticas no Rotten Tomatoes.

Sem colocar um número ao final do título, a proposta rendeu nomeações diversas entre fãs e imprensa, que vão desde um simples "Pânico 5" a um "Pânico 2022", entre outras formar de separar o roteiro atual do primeiro filme.

Sem o seu célebre criador, Wes Craven, que morreu em 2015, o filme que estreia na próxima quinta-feira (13) nos cinemas brasileiros aposta em uma linguagem aproximada com as tendências ao mesmo tempo em que relembra algumas das técnicas que surtiam grande efeito nos anos 90. 

Os assuntos paralelos são diversos em "Pânico", incluindo algumas discussões sobre a toxicidade dos chamados fandoms e algumas fugas ao virtuosismo criativo das novas referências de terror, que apostam em roteiros e estéticas profundas que penetram no psicológico do espectador. Quem acompanha a franquia, sabe que as coisas não funcionam assim. 

"Pânico" não busca ser original, e esse, talvez, seja o seu maior triunfo. O filme estreia oficialmente na próxima quinta-feira (13) nos cinemas. 

ComentáriosO que você achou?
Últimas